medo da entrevista de emprego
19/11/2020

Quem tem medo da entrevista de emprego?

Priscila Belinschi

A resposta para a pergunta do título acima vem da ciência: 92% da pessoas têm medo da entrevista de emprego. Embora a estatística divulgada em 2013 venha do Harris Interactive and Everest College e se refira aos norte-americanos, são grandes as chances de que represente uma realidade universal. 

Quase todo adulto já passou por uma situação do tipo: seja pela pressão da vaga ou pela situação pessoal de necessidade de emprego, sentiu aquele conhecido arrepio na espinha que vem antes de um momento decisivo. 

As causas para o medo da entrevista de emprego são as mais variadas. Em geral, vêm da pressão psicológica atrelada ao fato de estar sendo avaliado por alguém, ao temor de ser julgado, de não ser aceito, ou de parecer menos inteligente ou capaz do que se é. Esses aspectos ativam o medo do ser humano da vulnerabilidade e, muitas vezes, nos coloca na defensiva, o que só prejudica o candidato.

Como superar a ansiedade antes e durante uma entrevista de emprego? Aqui estão algumas sugestões, reunidas a partir de diversos especialistas brasileiros e estrangeiros sobre o tema. 

Networking

A primeira dica para lidar com toda a situação de uma entrevista de emprego com recrutadores que o candidato não conhece é: evitar precisar delas. Ao ampliar sua rede de contatos, de maneira que chegue a vagas mais assertivamente, o candidato diminui a necessidade de entrevistas formais “no escuro”. Conversando com pessoas que já conhece e que já confiam na sua reputação, você tem mais chances e se sente mais seguro.

Auto avaliação

Experiências negativas no passado prejudicam a forma como você passa por situações similares, mas que tal virar a mesa? Reavalie situações de entrevista que não foram bem, tente refletir sobre o que poderia ter feito melhor e como poderia ter transformado a situação. Mas lembre-se que a não contratação nem sempre tem a ver apenas com o candidato. A situação, as particularidades da empresa, o momento vivido por ela, o fit cultural dos candidatos, entre vários outros aspectos, também influenciam a decisão.

Preparação

Treinar, treinar, treinar. Preparar-se para a entrevista inclui pesquisar sobre a empresa, conhecer seu ramo de atuação, entender os requisitos da vaga, antecipar questões que podem ser feitas e estar preparado para respondê-las com segurança. No momento da entrevista, diga para si mesmo quando perceber que está nervoso: “estou preparado para isso”.

Visualização

Parte importante da preparação é visualizar o que você deseja. Não se trata de criar expectativas irreais – elas podem levar à decepção -, mas sim de imaginar como você gostaria que a entrevista corresse e criar uma imagem positiva da situação.

Respiração

Respirar fundo diante de uma situação de estresse não se tornou um clichê à toa. Manter um ritmo constante de inspiração e expiração ajuda a regular a oxigenação do cérebro e a desacelerar o ritmo cardíaco, diminuindo a sensação de tensão.

Alimentação

O que isso tem a ver com minha entrevista de emprego? Tudo. Exagerar no almoço pré-entrevista pode prejudicar a sua velocidade de resposta se esta acontecer no período da tarde, por exemplo. Não se alimentar ou pular alguma refeição também prejudica o raciocínio. Se alimentar adequadamente é importantíssimo para os candidatos que desejam equilíbrio na busca por uma vaga. 

Técnicas de relaxamento

Boa parte do estresse no dia da entrevista vem do fato de que o candidato não dormiu direito na noite anterior, muitas vezes, por ansiedade. Busque aplicativos de meditação, se exercite, pratique yoga e pesquise técnicas que ajudem a diminuir os níveis de estresse. Há diversas pesquisas que mostram que o estresse diminui a performance, não deixe que ele diminua suas chances de contratação.

E aí, está pronto para uma entrevista? Confira as vagas disponíveis aqui na Agil Recrutamento, ponha nossas dicas em prática e mande muito bem na próxima entrevista de emprego!

Compartilhe